Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Jesus Freak Cristandades Os Santos Mais Estranhos de Todos os Tempos São Nicolau de Mira

São Nicolau de Mira

São Nicolau de MiraDesde que assinou o contrato milionário com a Coca-Cola ele ganhou peso e atenção da mídia todo fim de ano. Mas nem sempre as coisas foram tão boas para São Nicolau de Mira que passou boa parte de sua vida no xilindró. Preso durante o império de Diocleciano por ser cristão só libertado dois imperadores depois quando Constantino I chegou ao poder.

Já livre e com certa idade participou ativamente do grande arranca-rabo teológico de seu tempo: Jesus é Deus ou humano? Durante o Concílio de Niceia que ajudou a coordenar não se conteve e literalmente saiu no tapa com um opositor. A gafe o impediu de continuar como bispo, mas seu ponto de vista prevaleceu e a Igreja reconheceu - para horror dos racionalistas - algo que nem Schrödinger imaginaria: que Jesus é 100% Deus e 100% humano.

Um dia Nicolau soube de uma família com três filhas que iam se prostituir por causa da pobreza. Para não expor ninguém Nicolau saiu na calada da noite e jogou um saco de ouro pela chaminé que caiu perto das meias que secavam. Ele fez isso mais duas vezes para garantir o futuro de cada uma das filhas. Mas a tentativa de caridade anônima falhou e a notícia se espalhou inspirando os lojistas a usarem três bolas douradas penduradas nas janelas como sinal de prosperidade e caridade. Essas mesmas bolas douradas mais tarde encontrariam ninho nas árvores de natal.

Já a ligação de São Nicolau com as crianças vem de um episódio menos conhecido. Ele enfrentou um maniaco na cidade de Mira e seguiu o rastro do criminoso no melhor estilo Miss Marple. Por fim encontrou os corpos de três crianças escondidas em um barril de pickles. Emocionado orou tanto que Deus milagrosamente restaurou a vida dos meninos. Pouca gente sabe mas existe uma chance de que neste processo o DNA dos meninos tenham se misturado com o do pepino em conserva tornando eles eternamente verdes e pequenos. Nesse caso o polo norte seria um bom lugar para os esconder.