Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Magia do Caos Livros Caóticos Hiper-Sigilos Entendendo os Hiper Sigilos

Entendendo os Hiper Sigilos

Beba Coca-ColaMas como descrever algo tão grandioso e onipresente assim? Simples. Vá até uma padaria e peça uma Coca-Cola. A Coca-Cola é um exemplo perfeito de Hiper Sigilo. Milhões de dólares são investidos todos os anos para lembrar a milhões de pessoas que aquele logotipo representa "Juventude e Felicidade Instantâneas em Qualquer Ocasião", tal como está exposto na "Missão e Valores" da empresa. Compare isso com aquele último rabisco em que você gozou em cima. 

Pense a respeito; John Pemberton o criador da Coca-Cola e Frank Robinson o criador do logo Coca-Cola estão mortos há décadas. Só os historiadores e estudantes de marketing lembram-se deles. Mas a Coca-Cola continua viva. Mais do que isso, a Coca-Cola é hoje muito mais forte do que era quando foi criada. Ela cresceu, mudou, se reproduziu (pense nas marcas filhas como Sprite, Fanta, etc.). Em outras palavras, evoluiu. A Coca-Cola influenciou não apenas a cultura, mas a religião, quem você acha que é a responsável pela imagem de um Papai Noel vestido de vermelho, barrigudinho, de barba, bigodes e bochechas vermelhas?  Alias, porque você acha que ele está vestido de vermelho? A Coca-Cola sustenta milhares de pessoas e se alimenta de bilhões que bebem dela. Sua comunhão diária é tão intensa que em um ano, mais garrafas de Coca-Cola são consumidas do que hóstias foram desde que as inventaram. E mesmo depois que você estiver morto, ela continuará crescendo. (Está ficando com sede agora?) 

Mas não é qualquer marca que é um Hiper-Sigilo. Temos assim três critérios para defini-los: 

  1. É preciso que seja um sigilo. Ou seja, carregue uma mensagem não explícita, mas bem definida, direta e centrada de um desejo.
  2. É preciso ser coletivo e massivo. Ou seja, deve ser reconhecido da mesma forma pelo favelado jamaicano e pelo executivo chinês.
  3. É preciso ser viral/memético. Ou seja, ele deve constantemente infectar novas mentes que não o conheçam e ser mais forte do que novas idéias que surjam, de forma a se perpetuar. 

Agora é preciso ter cuidado para não confundir Hiper Sigilos com as empresas que o fez surgir, e nem mesmo com meras marcas comerciais. O capitalismo realmente mostrou-se um campo fértil para seus nascimentos, mas muitos Hiper Sigilos sequer tem fins lucrativos ( Greenpeace e Nasa só para dar  alguns exemplos). Outros são lucrativos mas não são empresas propriamente ditas (considere Máfia e a Medicina). Além disso algumas empresas são pequenas demais como  padaria do Seu Raimundo e portanto estão descartadas.  E ainda, algumas marcas são verdadeiros gigantes de vendas mas nunca tiveram a pureza necessária para formar um Hiper Sigilo, como a General Eletric, por exemplo. De tudo isso concluímos que um Hiper Sigilo existe numa realidade muito diferente das meras empresas comerciais. 

Comparados com o conhecimento ocultista prévio, podemos dizer que os sigilos normais podem ser igualados a demônios e servidores da baixa magia enquanto que os Hiper Sigilos estão mais próximos de invocações e deuses e da magia cerimonial. Eles são reafirmados constantemente pelos meios de comunicação e reafirmados a todo instante por pessoas espalhadas por todo o globo. Um Hiper Sigilo, por definição, possui uma natureza superior à do indivíduo, e portanto divina. Hoje existem mais pessoas que bebem Coca-Cola do que existem católicos ou muçulmanos.

Hiper-Sigilos

Conteúdo relacionado