Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Magia do Caos Rituais Caóticos Catarse Psicosomática

Catarse Psicosomática

vomito magicoEmoções estão presentes não só no nosso plano psíquico como também no físico. Freqüentemente nossas emoções se manifestam como sensações corpóreas tais como reações de intestino, tensão nervosa, batida do coração, dores de cabeça, mudanças respiratórias, etc. As consequências do nosso bem estar emocional sobre o corpo é tão intensa que podemos dizer que existe de fato uma psicosfera ao redor do corpo físico com influencias tão certas quanto as que ocorrem na mente e na imaginação.

O objetivo deste rito é experimentar tão fortemente quanto possível aquilo que está lhe deixando ' doente ' e então purgar isto, literalmente (várias vezes se necessário) limpando assim a sua emotosfera pessoal por inteiro. Sendo assim trata-se de um ritual de exorcismo na medida em que é repugnada a causa de um vírus emocional. Expondo o problema ao máximo em sua consciência e usando tanto o corpo quanto a mente a intenção é arremessar para fora por meio de vomito e catarse física. Sentimentos de alívio, satisfação e paz deveriam ser o resultado do ritual.

 

Materiais Necessários:

- A comida mais vil que você conseguir.

 

- Um buraco no solo.

 

- Um sigilo pictórico de seu vírus psíquico.

 

 

- Um sigilo mântrico de seu vírus psíquico.

 

 

- Alguns pequenos prêmios (para rituais coletivos)

 

- Uma segunda muda de roupa.


Procedimento:

  1. Coma uma comida pesada antes do rito e beba bastante água.
  2. Separe a comida mais repugnante que você conseguir pensar. Esta comida representa o limo daquilo que você está lhe afligindo, os sentimentos de culpa, vergonha, frustração, etc são o resultado desta infecção psíquica de que você está prestes a se livrar. Quanto mais nojento melhor, exemplos incluem, manteiga ghee pura, repolho fervido, ou qualquer comida que lhe de ânsia de vômito.
  3. Cave um buraco no solo; por razões óbvias, este rito é melhor se feito ao ar livre.
  4. Crie dois sigilos da fonte do contágio emocional; um pictórico e um mântrico.
  5. Quando tudo estiver pronto coma o sigilo pictórico.
  6. Visualize a causa do contágio emocional; imagine todos os modos que isso arruina sua vida e lhe faz sentir mal. Sofra a vergonha, culpabilidade, sinta a dor, ou qualquer o sentimento ruim que se manifestar. 
  7. Enquanto experimenta isso pegue a comida e jogue (eu disse jogue, e não ponha) em seu prato. Coma com as mãos, e encha sua boca com a gororoba nojenta que você criou. Não seja moderado, encha mesmo até encostar na goela. 
  8. Cante seu sigilo Mantrico com sua boca cheia e enfatize pensando em tudo o que é ruim e o esta fazendo doente em sua vida . Concentração será um desafio, mas faça!
  9. Sinta a perturbação na sua mente assim como em seu estômago; concentre-se no seu chakra coronário . Alcance gnosis por desgosto.
  10. Tente prolongar a experiência. Quando chegar a hora, corra até seu buraco e comesse a vomitar com vontade enquanto ainda canta seu mantra.
  11. Esta é hora de dar vazão ao poder de seu corpo e evacuar sua mente. Deixe o fluxo subir surgindo de seu estômago continuando até o topo de sua cabeça e vomite também o vômito psíquico pelo seu chakra coronário. Você deveria estar tão consciente do fluxo jorrando do topo de sua cabeça quanto do vômito fluindo de sua boca.
  12. Se concentre em seu chakra coronário. Some a imagem repulsiva; vare seus dedos garganta abaixo. Faça a experiência tão violentamente quanto possível, até que a catarse física e emocional seja alcançada.
  13. Terminada a experiência enxague seu sistema com água e energia limpa. Descanse por algum tempo.
  14. Enterre sua excrescência e saiba que ambos o vômitos físicos e psíquicos estão sendo soterrados e agora serão usados e reciclados pelo planeta.
  15. Sentimentos de alívio mental e físico, assim como satisfação animal deveria seguir este ritual.
  16. Banimento por gargalhada.

Lembre-se de tornar o rito tão nojento e asqueroso quanto possível, pois esta é sua chave para sua limpeza interna física e mental. Para coletivos de ação mágica é possível ainda somar um ar de festividade ao rito para encorajar a desinibição, por exemplo deveriam ser dados prêmios para a comida mais nojenta , a maior tempo vomitando , etc. Sem esquecer que a concentração pessoal é vital ao rito, uma atmosfera de competição amigável poderia ajudar, mas a escolha de dar permissão para executar isto normalmente é função privada dentro do grupo.

Fonte: Automatrix, CORPUS FECUNDI 1998