Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Magia do Caos Rituais Caóticos Talismã Vermelho

Talismã Vermelho

Realize este rito em ambiente aberto. A quantidade de fumaça gerada é enorme, e o uso de Vesta pode ser desastroso. Vesta também gera uma alta quantidade de calor, de modo que seu talismã não deve ser inflamável.

Introdução

A maioria dos atos de agressão são instigados por pessoas que percebem que o receptor é mais fraco, e assim mais vulnerável ao ataque. A humanidade, sendo as criaturas oportunistas que somos, tende a se aproveitar da fraqueza de muitas maneiras, dissimuladas ou evidentes. Há alguma verdade no senso comum que afirma que um exército bem preparado pode desencorajar um ataque do inimigo.

Desenvolvendo um vasto campo para interagir inicialmente com nossas imediações mais próximas, podemos eliminar ou pelo menos diminuir uma porção dos confrontos, picuinhas e joguinhos que nos esperam na vida cotidiana. Em alguns aspectos, este trabalho diminuirá a necessidade de combate mágico, pois os obstáculos serão mais prontamente neutralizados. Existe o perigo deste Talismã ser constantemente alimentado com doses de energia vermelha que se projetarão no mundo, o que aumentará as chances de surgimento de conflitos.

Itens Necessários

Um talismã de qualquer tipo. O ideal é que seja vermelho. Ele não poed ser inflamável, e deve poder ser facilmente transportável junto ao corpo em todos os momentos. [ Garnet ] ou Jaspe Vermelho são recomendados, por serem baratos e fáceis de encontrar.

  • Um Sigilo ou Mantra (a ser criado no Templo);
  • Tambores, chocalhos, qualquer instrumento de percussão;
  • Incenso de Marte;
  • Vesta (um pó inflamável, disponível em boas lojas de ocultismo);
  • Folhas de alumínio (usadas em cozinha);
  • Extintor (apenas por precaução);
  • Fósforos ou um isqueiro. Uma candeia vermelha é uma excelente alternativa;
  • Papel e caneta;
  • Vasilha onde o papel será queimado;
  • Uma pequena vela vermelha para cada pessoa.


O Ritual

O ritual se inicia com todos os participantes sentados. Cortam-se grandes quadrados de folha de alumínio, que são colocados em frente a cada participante. Coloque o talismã no centro do quadrado de alumínio. Coloque UMA vela vermelha no alumínio em frente a cada participante. NÃO ACENDA. Uma caixa de fósforos nova ou um isqueiro deve estar a seu lado.

Declaração de Intento:
(recitada pelo OP, repetida pelos outros participantes):

É minha vontade criar um talismã vermelho para desviar confrontos tanto os grandes quanto os pequenos.

Criação de Sigilo e/ou Mantra:

Cada pessoa pega papel e caneta e cria um sigilo e um mantra baseado na declaração acima (ou semelhante). Tenha em mente que você precisa desenhar o sigilo em Vesta no próximo passo, e que um espaço em seu centro deve ser mantido livre de Vesta, para que seu talismã não queime.

Cada pessoa então desenha, com quantidade suficiente de Vesta (largas quantias não são recessárias nem recomendáveis), seu sigilo no alumínio à sua frente. Ele deve cercar seu talismã. Cuidado deve ser tomado para que todas as partes do sigilo estejam conectadas.

Sinal:

Uma vez que você tenha terminado de fazer seu sigilo com Vesta, acenda sua vela vermelha, tendo cuidado para não acender o Vesta. Sente-se em silêncio e respire profundamente até que todas as velas estejam acesas.

Gnosis:


Quando todas as velas estiverem acesas, cada membro que esteja com um instrumento deve começar a tocar algum tipo de ritmo. Ao mesmo tempo, todos devem começar a entoar seus mantras suavementes. Tanto o entoar de mantras quanto a percussão devem aumentar seu volume e sua velocidade até que a gnosis seja atingida e o talismã esteja carregado.

Consagração:


Assim que todos tenham atingido a gnosis e estejam quietos, consagre seu talismã, acendendo seu sigilo feito de Vesta.

Bana com gargalhadas.

Notas Finais


O ideal é que seu talismã seja utilizado como um pingente. Ele irá sempre irradiar uma esfera de energia vermelha de guerra. Quando confrontado com situações cotidianas onde a agressão ou a imagem de grande coragem seja necessária em doses mais potentes, pense em uma luz vermelho-rubi se expandindo a partir de seu talismã, irradiando-se para fora a uma distância de aproximadamente 10 metros em todas as direções. Pense em cada inspirar como um avivamento do fogo dentro de você, e em cada expirar como alimento para o fogo dentro ed seu talismã, fazendo-o queimar com ainda mais brilho.

Um ritual de magia vermelha