Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Miscelânia Textos Diversos Atlântida e Lemúria: continentes desaparecidos

Atlântida e Lemúria, Continentes Desaparecidos

atlantida.jpgWilliam Scott-Elliot foi um escritor Teosófico, um banqueiro e antropologista amador, que viveu na Inglaterra na virada do século XIX. Seguindo a senda que se popularizou graças a Madame Blavatsky, Scott-Elliot se dedicou a escrever histórias que elucidassem a origem da humanidade desvendando os mistérios de nossos antepassados Atlantes e Lemurianos. Scott afirmou que seu conhecimento histórico foi conseguido através da arte da divinação astral. Muito de seu texto é muito semelhante ao material pesquisado e escrito pelo Bispo teosófico Charles Webster Leadbeater, a pessoa que com certeza forneceu os mapas usados por Elliot nesta publicação.


Originalmente este livro foi publicado em 1896 com o título A História de Atlântida e foi seguido em 1904 pelo livro Lemúria Perdida. Estes dois textos teosóficos foram distribuídos de forma independente na Grã Bretanha e nos Estados Unidos até que em 1925 foram unidos em um único livro intitulado A História de Atlântida e a Lemúria Perdida. Graças a inúmeras reimpressões os títulos foram recebendo alterações sutis e o livro acabou chegando ao Brasil com o nome de Atlântida e Lemúria, Continentes Perdidos.


O objetivo de Scott ao escrever este tratado foi o de estabelecer, através de empirismo e dados científicos, os fatos mencionados por Madame Blavatsky em sua Doutrina Secreta que possuíssem conexão com os continentes perdidos e seus habitantes. Uma das obras mais clássicas da teosofia que deu origem a inúmeros outros textos e tratados sobre os continentes perdidos e sobre a origem das raças que fazem parte hoje do nosso planeta.


Por causa da maneira como foi escrito, dividimos o livro em três partes, uma introdução sobre Atlântida, sua história e todo o texto sobre lemúria, já que alguns capítulos tem páginas inteiras e outros apenas algumas linhas, assim a leitura permanece consciente.

 


Atlântida e Lemúria, Continentes Desaparecidos

 


 

 

William Scott-Elliot