Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Miscelânia Textos Diversos Fim do mundo: Guia de sobrevivência Profetas e Profecias do Fim do Mundo

Profetas e Profecias do Fim do Mundo

O fim do Mundo é um tema freqüente nas visões dos Profetas de diferentes épocas. A maioria deles fala de um fenômeno cósmico cujas conseqüências, catastróficas, vão abalar definitivamente a estrutura e/ou o modo de vida de Civilização atual. Abaixo, estão relacionadas algumas destas profecias que reforçam a idéia de um agente destruidor vindo do céu, falam dos sinais anunciadores do grande desastre e do caos subseqüente que deverá atingir toda a Humanidade atual [FONTE: OS GRANDES PROFETAS, 1985]:

Monja de Dresden

[Alemanha, 1680?-1706]

O Ventre Podre: Na última etapa, o ventre da terra apodrecerá. E tudo o que estiver nela apodrecerá; e tudo o que for retirado de seu ventre será venenoso. Mas os homens continuaram a comer as entranhas do ventre e morrerão. A morte terá a cor do ventre, mas os homens dirão que é a cor dos tempos A morte terá o cheiro do ventre mas os homens dirão que é o cheiro da Natureza. Próximo do fim tudo será veneno porque foi decidido que será o homem a matar o homem. ...O ventre apodrecido fará mais mortos que a guerra... E serão necessários 666 anos para queimar os venenos [p. 163]

MAGO LADINO ─ Gerolamo Tvazzo ou Tovazzi

[Itália, 1686-1769]

As Sete Chagas: Sete chagas na idade estelar cairão sobre a colméia humana. Estéril será o homem e estéril a terra; pão e solidão serão uma guerra. Estéril será o coração: faltará o complemento da paixão. Veneno será o ar, a água e o gramado; o mundo todo estará envenenado. A peste verde explodirá no aparador, quando o mundo for um poço de violência. A última chaga sangrenta será a babel da fala [confusão de discursos vazios, p 237].

RASPUTIN ─ Grigori Iefimotich,

[Rússia, 1869-1916]

A Última Guerra: A fome será a última guerra do homem. Muitos terão as mãos cheias de ouro e prata, mas serão afortunados somente aqueles que tiverem um saco de farinha e um pedaço de terra para cultivar o trigo... A pestilência voltará a ocorrer, mas não será a cólera... [p 273]

TERESA NEUMAN

[Alemanha, 1898-1962]

O Cemitério dos Sonhos: Vi um cemitério no qual eram sepultados os sonhos dos homens. E todo sonho tinha sua pedra tumular. E em cada pedra havia um epitáfio... aqui jaz, estava escrito sobre uma pedra, o sonho do homem de correr mais que o vento. E ainda: aqui jaz o sonho do homem de prolongar sua vida ao infinito. Havia ainda uma grande túmulo para o grande sonho, sobre o qual estava escrito: aqui jaz o bem bem-estar do homem. [p 302]

As Casas Sem Dono: Encontrei-me em um país desconhecido. Era um país cheio de casas, mas pelas ruas não havia viva alma. Bati em numerosas portas, mas ninguém abriu... As portas estavam apenas encostadas e a lareira acesa, como se seus donos estivessem para chegar de uma hora para outra... Mas não havia seres vivos, nem homens, nem animais. [p 309]

PADRE PIO

[Itália, 1887-1968 Mensagens do Além recebidas pela medium Marta Micol, a partir de 1977]

I. O mundo está caminhando para a ruína. O homem abandonou a rota certa para aventurar-se por veredas que terminam no deserto da violência... Se não voltar imediatamente a beber na fonte da humildade, da caridade e do amor, haverá a catástrofe.

III. Quando o mundo foi entregue ao homem, era um jardim. O homem transformou-o em um sarçal cheio de veneno. Nada serve agora para purificar a casa do homem. É necessária uma ação mais profunda, que só pode vir do céu

IV. Preparai-vos para viver três dias de escuridão total. Esses três dias estão muito próximos... E nesses dias ficareis como mortos, sem comer e sem beber. Depois voltará a luz. Mas muitos serão os homens que não a verão mais. [p 292]

VII. Sede como formigas, porque virá o tempo em que os homens se arrancarão os olhos por uma migalha de pão. As lojas serão saqueadas, os armazéns serão assaltados e destruídos. Pobre será aquele que, nesses dias tenebrosos, se achar sem uma vela,sem uma garrafa de água e sem o necessário para três meses.

VIII. Desaparecerá uma terra... uma grande terra. Um país será riscado para sempre dos mapas geográficos... E com ele serão arrastados à lama a história, a riqueza e os homens. [p 293]

XII. Os homens viverão uma experiência trágica. Muitos serão arrastados pelas águas, muitos serão transformados em cinzas pelo fogo, muitos serão sepultados pelos venenos...

por Ligia Cabús