Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Livros Satânicos Guia de Leitura da Bíblia Satânica Linguagem Enoquiana

Linguagem Enoquiana

Citação-chave:

Por muitos anos, as Chaves Enoquianas, ou Convocações, tem sido encobertas em segredo. Os poucos impressos que existiram eliminaram completamente as redações corretas, assim as traduções apropriadas foram disfarçadas através do uso de eufemismos, e somente designada para lançar o magico inepto ou o inquisidor aspirante fora do caminho. Apócrifos  e como eles se tornaram (e quem conta que a realidade inflexível provoca a fantasia), as Chaves Enoquianas são os elogios satânicos da fé. Dispensando certos equívocos que uma vez foram pragmáticos; termos como “santo” e “angélico”, e grupos arbitrariamente escolhidos de membros, o propósito deles foram apenas agir como substitutos para palavras blasfemicas - aqui, então, estão as VERDADEIRAS Chaves Enoquianas, como recebidas de uma mão desconhecida.*


Considerações:

As Chaves Enoquianas fornecem uma das abordagens mais flexiveis do sistema enoquiano de magia.  Cada uma delas é, sozinha, uma invocação poderosa a ser usada em momentos aprópriados pelo magista. Elas devem ser lidar no idioma enoquiano, seguindo a pronûncia correta desta linguágem, mas sempre carregada cmo um forte aspecto emocional do operador que entende e vive a mensagem expressa por cada uma delas. 

Elas são usadas para encerrar os três rituais satânicos, assim como são usadas como conjurações e maldições em si mesmas, usadas em diferentes contextos como sigilos, pragas, e mantras de poder. Lemos em "As Sementes de LaVey": "Os satanistas usam as chaves durante os rituais como se fosse uma verdadeira revelação satânica trazida aos homens pelos próprios seres do inferno. O importante não é a origem histórica desta língua, que provavelmente foi inventada e não descoberta por John Dee e compania. O que realmente importa é que os usos das chaves enoquianas potencializam o resultado do ritual satânico. Cada chave é a sublimação de um significado para se atingir a mente subconsciente, exatamente como nos sigilos caoistas.

Na edição de junho de 1970 do periódico The Cloven Hoof, LaVey sugere que as seguintes chaves sejam usadas para as seguites ocasiões e cerimônias:


Vingança e Destruição: Chaves 12, 14, 17
Luxúria e Casamentos: Chave 2, 7, 13
Funerais: Chave 11
Compaixão: Chaves 16, 18,
Poder e Prosperidade: Chaves 1, 3, 8
Missas Negras: Chaves 5, 15
Orgulho e Alegria Chave 18