Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Livros Satânicos Guia de Leitura da Bíblia Satânica Livro de Lúcifer

Livro de Lúcifer

Complementos ao Livro de Lúcifer:

  • Atlas Shrugged, Ayn Rand
  • Biografia do Diabo, Cousté
  • Poder do Mito, Campbell
  • Satanomicon, Lord Ahriman

Citação Chave: "O deus Romano Lúcifer era o portador da luz, o espírito do ar, a personificação da iluminação. (...) A simples verdade nunca tornou ninguém livre. É a DÚVIDA que traz a emancipação da mente. (...) Se é para se acreditar nestas acusações teológicas de que o Diabo representa a hipocrisia, então a conclusão lógica é que ELE, E NÃO DEUS, ESTABELECEU TODAS AS RELIGIÕES ESPIRITUAIS E  ESCREVEU TODAS AS BÍBLIAS SAGRADAS! Quando uma dúvida é seguida por outra a bolha já enorme, graças ao acúmulo de falácias sem fim, ameaça estourar. Para aqueles que já duvidam dessas supostas verdades este livro é uma revelação. Então Lúcifer terá se erguido. Agora é o momento para dúvidas! A bolha da hipocrisia está estourando e soa como o rugido do mundo!"

Considerações:

O Livro de Lúcifer: a Iluminação é o segundo livro da Bíblia Satânica e é simbolicamente associado ao elemento Ar. Depois do forte apelo emocional do livro anterior LaVey baixa o tom e trata o satanismo de um ponto de vista racional. embora todo momento apele a iconografia e a estética diabólica. O Livro de Lúcifer busca traçar logicalmete uma filosofia de vida baseada no egoísmo e no materialismo e é por assim dizer o grande manifesto intelectual de LaVey. Impossível não enxegar os paralelos com a filosofia nietzchiana e o objetivismo. O livro é dividido em vinte ensaios, cada um apresentando um componente vital da arquitetura ideológica do satanismo.

A Iluminação