Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Livros Satânicos Naos Tempo e Ser

Tempo e Ser

O Ser é compreendido através de Tempo, e Tempo é uma expressão da natureza fundamental da mudança que governa o cosmo. Tempo é extensão do Ser e expressa a Evolução do próprio Ser.

O Ser é mudança sem limite, e pode ser expresso em termos de dualidade. Essa dualidade é explicada pelo Tempo como o causal e acausal os quais eles mesmos podem simbolizados como espaços, espaços causais tendo três dimensões espaciais e uma dimensão de tempo linear (ou causal), espaço acausal tendo no presente um não especificado número de dimensões espaciais e três dimensões de tempo causal formando uma dimensão acausal. Como uma aproximação, espaço causal pode ser considerado como governado pelas leis baseadas em quatro dimensões e representado pelo universo físico como esses termo é normalmente entendido; espaço acausal pode ser considerado como um universo paralelo governado pelas leis acausais de geometria.

Vida é a coincidência dessa dualidade, e consciência/Pensamento humano a fusão do causal e acausal. A percepção dos sentidos é baseada no tempo causal enquanto percepção acausal tem até agora sido explicada muito aproximadamente pelo numinoso e tais fenômenos como intuição e sonhos. O inicio real de percepção acausal está no desenvolvimento de um simbolismo numinoso, abstrato.

Um individuo, por causa da consciência, é uma expressão do Ser tornando-se e tal tornar-se implica, para o individuo, um incremento na consciência implicando no desenvolvimento de percepção causal e acausal. Tal evolução de consciência individual é aproximada pelos estágios do Caminho Septenario, envolvendo como ele faz o desenvolvimento de entendimento lógico e racional/cientifico unidos com uma ompreensão, via simbolismo abstrato e participação numinosa, do acausal.

Consciência individual, sendo a fusão do causal e acausal, alcança sua meta no balanço de ambos e isso implica a expansão da consciência no reino do acausal. Morte no individuo é a cessação do aspecto causal (isto é, participação no espaço causal) ainda que o aspecto acausal, se desenvolvido durante existência causal, continua, a natureza de tal existência sendo explicável no momento somente através de simbolismo.

Pensamento permite uma divisão em três modos fundamentais expressivos da natureza da fusão de causal e acausal e no individuo um desses modos predomina, determinando a vida daquele individuo. O primeiro modo é expressivo de existência 'ego' e envolve uma limitada percepção de Tempo; o segundo modo é expressivo de existência 'self' e envolve uma muito maior percepção de Tempo - isto é, uma consciência do acausal. O terceiro modo envolve uma mistura de ambos os primeiros. Entretanto, esses modos todos formam a base da qual o tornar-se do Ser deriva, e são o inicio do qual percepção individual aumentada pode se erguer. 'Vontade por Poder', Arte, experiência numinosa são todos apontadores desse inicio.

NAOS, Order of Nine Angles