Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Livros Satânicos Panmagéia Infernal As festividades satânicas

As festividades satânicas

  

O maior sentido na realização de uma festividade é se vincular ao arquétipo ou egrégora construída em torno da mesma, através dos milênios. Nada obriga o satanista a participar de nenhuma delas, diferente do Catolicismo, por exemplo, que condena quem não vai à missa aos domingos. Se o satanista não pode ou simplesmente não quer participar, já é razão suficiente, não precisa arrumar pretextos falsos e desculpas hipócritas para se retratar diante de olhares acusadores.

 

Como a noite é o grande manto dos satanistas, quase todos os rituais são realizados após o pôr-do-sol, conforme a conveniência de cada um, ou do grupo. Alguns horários são sugeridos, para não se fugir muito à tradição primitiva. É óbvio que tais festividades são oriundas do Paganismo, então por que não utilizá-las? O próprio Cristianismo bebeu das fontes pagãs, depois convertendo-as em nomes cristãos. Por exemplo, Samhain, a "noite de todas as almas" virou o Dia de Todos os Santos, Litha ou Midsummer (Solstício de Verão) passou a ser o Natal - e assim por diante. Por uma questão de correção, o Satanismo utiliza os mesmos nomes empregados pelos pagãos, pois estes foram os autores das referidas festividades, apenas adaptando alguns conceitos à doutrina satânica, sem se desligar da egrégora existente.

 

Usamos o modelo do hemisfério norte, porque a tradição está mais consolidada, a egregóra mais fortalecida e coincide com o ano novo satânico proposto por LaVey.

 

FESTIVIDADE

HEMISFÉRIO NORTE

Mabon

21 de Setembro

Samhain ou Halloween

31 de Outubro

Yule

21 de Dezembro

Imbolc ou Candlemas

1o. de Fevereiro

Ostara

21 de Março

Advento do Aeon de Horus

8 de Abril

Beltane ou Walpurgisnacht

1o. de Maio

Litha ou Midsummer

21 de Junho

Lughnasadh ou Lamas

Um dia antes da lua crescente de Agosto

 

 

        Aniversário - A principal festa satânica é a comemoração do seu próprio aniversário. É a celebração do seu nascimento, do fato de você estar vivo, de todas as suas realizações até o presente momento e as que ainda hão de vir. O Satanismo é a única religião que valoriza esta data, como a festividade satânica mais importante, porque você é a pessoa mais importante que existe, você é o seu próprio deus.. Todo homem é um deus, se ele reconhece este fato, diz LaVey.

        Malbon (Equinócio de Outono) - É celebrada no dia 21 de Setembro. É o momento de refletir sobre o próprio Self. Também deve ser usado para banir todas as coisas indesejáveis, como maus hábitos e doenças. É um período ótimo para invocar proteção contra influências perniciosas.

        Samhain ou Halloween ou All Hollows Eve - Esta é a segunda maior festa satânica, que ocorre na noite de 31 de Outubro. Ela é oriunda dos druídas através dos famosos festivais de fogo; na Escócia, era associado com o momento em que os espíritos da morte e os demônios eram propícios. Este é o momento para cobrar a dívida, com rituais de destruição, maldição e vingança. Pela egrégora existente, nesta noite é quebrada a barreira entre o plano físico e o astral, permitindo um interligação entre eles. Esta data marca igualmente o fim e o início do calendário celta. A noite de Samhain se encontra exatamente no limite entre o ano atual e o vindouro, razão por que esta data ainda é considerada atemporal.

        Yule (Solstício de Inverno) - Este é o Solstício de Inverno, 21 de Dezembro, a noite mais escura do ano em nosso hemisfério. Como o deus cornífero renascia como o Sol, simbolicamente se relaciona com a emancipação do Self, melhor vista em Tiphareth na Árvore da Vida. As forças da natureza acham-se ao seu lado, razão pela qual é o melhor momento para magia de proteção, em qualquer uma de suas formas. O melhor horário para a celebração é à meia-noite. 

        Imbolc ou Candlemas - É a festa de fertilidade, que ocorre em 1o. de Fevereiro. Imbolc quer dizer "dentro do útero". O inverno ainda não foi embora, mas, por baixo da neve, a vida floresce e ganha força. Magia voltada para a fertilidade, inspiração e prosperidade é bem-vinda nesta data.

        Ostara (Equinócio da Primavera) - Sendo em 21 de Março, nesta data as energias da natureza desabrocham de forma exuberante. É o momento de brindar à vida, bem como ir ao encontro da própria Sombra para reconquistar a si próprio. É o momento ideal para reprodução de todos os seres vivos, sejam plantas, sejam animais. A magia deve se voltar para novos começos, como um novo amor, um novo emprego etc. Deve ser realizada antes de amanhecer. Este é o ano novo satanista.

        Advento do Aeon de Horus – Aleister Crowley recebeu, do meio dia a uma da tarde, nos dias 8, 9 e 10 de abril de 1904, de uma inteligência preter-humana chamada Aiwaz, o Liber Al Vel Legis, o livro máximo de Thelema, iniciando o Aeon de Horus.

        Beltane ou Walpurgisnacht - É celebrado no dia 1o. de Maio, sendo um festival oposto a Samhain, tanto em data, quanto em significado, tendo sido descartado pelos cristãos, já que a sua base religiosa prega castidade como virtude, enquanto isto não passa de um tremendo processo repressivo. Este é o grande momento para rituais voltados para a satisfação da luxúria.

        Litha ou Midsummer (Solstício de Verão) - Os poderes da natureza acham-se no seu apogeu no dia 21 de Junho, já que é o ápice do verão. É a data de se reverenciar o corpo físico, a saúde, a alegria de viver e o senso de humor. A magia é empregada também no sentido de aumentar as nossas energias, sendo um grande dia de indulgência.

        Lughnasad ou Lamas - Este é o dia da celebração de ser o predador, e não a presa. O deus cornífero já é senhor do mundo das trevas, razão por que é reverenciado todo o sucesso obtido anteriormente, bem como fazer rituais de indulgência.

Lord Ahriman