Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Livros Satânicos Panmagéia Infernal Técnicas de defesa

Técnicas de defesa

Aqui estão algumas técnicas de defesa, levadas pela necessidade de suprir o vácuo deixado por LaVey nas suas obras:

 

  •         Qualquer coisa ligada ao elemento ferro (elemento comum à maioria das tradições mágicas), que pode ser usado inclusive mentalmente, destruindo através de uma espada a imagem que lhe obsedia. Se não tiver nenhuma imagem, é preciso dar uma forma a ela e destruí-la. A imagem, criada naturalmente, ajuda a descobrir a origem de um ataque desconhecido.        Ritual Menor do Pentagrama - é um meio simples e eficaz de banir qualquer carga lançada contra a pessoa, bem como invocar a proteção desejada.
  •       Consagre um copo d'água para a lua, deixe perto da cama. No dia seguinte, vão surgir algumas bolhas. NÃO BEBA DESSA ÁGUA. JOGUE-A FORA IMEDIATAMENTE! Se tiver algum animal em casa, impeça-o de bebê-la.
  •         Alerta contra qualquer pensamento ou sentimento diferente do usual. O primeiro sintoma de um ataque psíquico é a mudança brusca na forma de pensar e de sentir.
  •        A expressão APO PANTOS KAKODAIMONUS é uma fórmula mágica de tremendo alcance, amparada em tradições mágicas comumente aceitas. Literalmente significa "Afaste-se espírito ruim", mas é entendível como "Afaste-se influência perniciosa".
  •        Símbolos dos órgãos genitais, como as figas, possuem excelentes resultados, pois são baseados em energias criadoras.
  •         Pantáculos, adequadamente preparados, também são símbolos de grande proteção, mas demandam certo conhecimento.
  •         Água corrente também está intimamente ligada à cura de diversos males. Possui qualidades elétricas, similares às emoções.
  •         Carregar sempre junto ao corpo turmalinas negras, lápis lazuli e outras pedras mágicas consagradas de proteção, que são grandes neutralizadoras de energia negativa.
  •        Evitar ficar mais de 2h com o estômago vazio, pois o jejum abre as portas dos planos interiores. Era usado pelos místicos para terem os seus sonhos espirituais, que os levavam, muitas vezes, a sofrerem de uma obsessão.

 

Estas técnicas podem e devem ser usadas em conjunto. Uma talvez traga melhor resultado do que a outra, mas, quanto mais meios de defesa usados, tanto melhor.

 

Se a pessoa acha que está tendo um ataque psíquico, uma excelente solução é dar uma forma mental à carga que lhe foi lançada. Afinal, o que vem pela imaginação pode sair dela pela imaginação. Depois, basta bani-la pelo ritual menor do pentagrama. Este método permite lidar com ataques de origem desconhecida e até revidá-lo, se for o caso.

 

Outra forma de se lidar com ataques ocultos é se entregar a atividades extremamente gratificantes. Dificilmente uma carga alcançará alguém que, no momento do seu lançamento, esteja plenamente gratificado e de bem com a vida.

 

Existe uma defesa natural contra o ataque oculto, que é a aura do indivíduo. Daí os casos comuns de raiva não causam maiores conseqüências. O problema é o ataque deliberado. Então, a vítima tem que receber o ataque inconscientemente, o que ocorre quando aceita pensamentos intrusos como sendo seus e fatos danosos como tendo causas naturais. Na verdade, ela abre a aura de dentro para fora.

 

O modus operandi é adequar o ataque aos complexos subconscientes da vítima. Para ele, é necessário lançar raízes que se aprofundem e cresçam de modo espontâneo, natural, imperceptível. Ele apenas reforça, de modo apropriado, algo que já existe na vítima. De modo algum, vai plantar algo totalmente desconhecido ou alheio a quem quer atingir. Por exemplo, se a pessoa é distraída, ele vai acentuar essa distração. Então, a pessoa vai atravessar a rua, vem um carro e...

 

Voltando a Dion Fortune, “Se pensamos numa pessoa, estamos em contato com essa pessoa. Se a retratamos com nitidez, é como se estivéssemos face a face com ela. Se a retratamos vagamente, é como se a víssemos à distância. Estando na vizinhança mental de uma pessoa, podemos criar uma atmosfera de pensamentos persistindo em certas idéias que se relacionam com ela. É assim que se processa a cura espiritual. Então, o ponto chave é sempre a consciência projetada, de forma a atingir o subconsciente, mas Toda mensagem à mente subconsciente deve ser expressa em termos muito simples, porque o pensamento subconsciente é uma forma primitiva de atividade mental que se desenvolveu antes que a linguagem falada conhecida pela humanidade.”

 

Há muito ainda a ser dito acerca do tema, lacuna que necessitaria de uma obra volumosa. Tentou-se reunir aqui os aspectos principais do sistema de ataque e defesa oculto.

Lord Ahriman