Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Textos Satânicos A Real Natureza de Satã: Epístola Primeira aos Satanistas

A Real Natureza de Satã: Epístola Primeira aos Satanistas

moscaO que é hoje o Satanismo? O que ele sempre foi. Desde o princípio. Uma maneira das pessoas entrarem em contato e interagirem com Satã.

Muito já foi dito sobre Satanismo, muito já foi escrito e feito em nome de Satã. E tudo isso apenas contribuiu para uma coisa: confusão desnecessária.

Tentar justificar o Satanismo é uma tarefa difícil se não infrutífera e quando se chega ao momento em que se tenta descrever Satã para criar essa justificativa temos algo muito próximo da ficção científica.

Vamos portanto a alguns fatos simples e diretos:

  1.  Satã é Real

  2. Você acreditar nisso ou não, não muda este fato, muda apenas a sua percepção sobre Satã, da mesma forma que acreditar ou não em colesterol não o torna mais ou menos real, apenas muda a sua relação com aquilo que você come.

  3. Para Satã pouco importa se você vive ou morre, está triste ou feliz, é uma pessoa apática ou um revoltado adolescente.

Nos últimos anos os “Satanistas” perderam tanto tempo discutindo o que é Satanismo e qual a real natureza de Satã que a religião negra se tornou um fórum de debates onde pseudo estudiosos despejam sua verborragia apenas buscando uma coisa: a vitória de seu ponto de vista. Se Satã de fato se importasse com essas pessoas, ele teria hoje hemorroidas do tamanho de Israel, graças à quantidade de beijos que seu rabo recebe desses bajuladores que não tem nada melhor a fazer do que se promover às custas daquele que recebeu o título de Príncipe das Trevas.

Novamente é chegado o momento de eliminarmos os elos fracos e nos livrarmos dos carrapatos. O Satanismo hoje é a religião dos fortes? Olhando ao redor é fácil responder que não. O Satanismo é uma revolução, algo que revolve, que gira, que volta de novo e de novo e de novo. E novamente Satã abre os olhos.

Qual a origem de Satã? Quem ou o que é Satã?

Deixemos que os filósofos e estudiosos se preocupem com essa questão.

Há séculos tentam responder qual a origem do universo, já foram e estão sendo gastas fortunas em busca desta resposta, se criaram instituições, já foram escritas toneladas de livros e quilómetros de linhas a esse respeito e a que resposta chegaram? Nenhuma definitiva. Isso não torna o universo menos real. O Satanismo não se preocupa com a explicação aceita pela maioria para desenvolver suas práticas.

E quais são essas práticas?

O Satanismo tem como objetivo, como já dissemos, a interação entre o indivíduo e Satã. As práticas Satânicas são tão variadas quanto aqueles que as praticam. Não existe uma linha definida a se seguir. LaVey mostrou ao mundo a visão moderna de Satã. Graças a ele muitos outros enriqueceram essa visão, pessoas como Aquino, Massapust, Chirstos Beast, Tezcat, Arhiman, Morbitvs Vividvs e muitos outros mostraram sua percepção, revelendo as diferentes facetas contemporâneas que ele assumiu nas décadas recentes.

As práticas Satânicas refletem e são influenciadas por essas diferentes visões pessoais, o problema surge quando hordas de pessoas resolvem que são Satanistas, motivadas por uma ou outra estupidez qualquer, e acabam canonizando esse ou aquele satanista. São pessoas que se tornam aquilo que dizem combater: uma massa acéfala sem vontade que apenas abaixa a cabeça e dizem amém ao que lhes é empurrado garganta abaixo.

Podemos dividir as práticas em dois tipos: a Magia Satânica e a Alquimia Negra.

A Magia Satânica é composta por rituais, celebrações e práticas que tem como objetivo desenvolver a comunhão da vontade do Satanista com a Realidade. Rituais Satânicos tem como objetivo impor a Vontade Satânica e criar mudanças na realidade, como exemplo temos os rituais propostos por LaVey, conseguir a destruição ou o afeto de alguém. Missas Satânicas, rituais grupais tem o objetivo de se criar uma ambientação adequada para se despertar e desenvolver essa Vontade.

A Alquimia Negra por outro lado trabalha o desenvolvimento do Satanista dentro da Realidade. Se com a magia o Satanista impõe a sua Vontade, através da Alquimia Negra ele desenvolve essa Vontade. Aqui encontramos práticas que vão desde a simples meditação para se atingir o próprio centro até exercícios físicos para aprimorar cada vez mais mente e corpo, para expandir a própria consciência, usando aqui as palavras de Blake para abrir as portas da percepção.

A grosso modo poderíamos afirmar que enquanto a magia é a interação do Satanista com o mundo externo a Alquimia seria sua interação com o mundo interno. É claro que ao nos aprofundarmos em ambas as artes essa distinção desaparece. O Satanista e Satã se tornam um, ocorre a obliteração do indivíduo. Sua Vontade de Potência se torna realidade.

As diferentes modalidades de Satanismo que se apresentam hoje são a prova da estupidez e da passividade parasitária que se formou hoje em dia. Qual a diferença entre Satanismo Moderno, Satanismo Tradicional e Satanismo Gótico? Apenas a ignorância e o medo de quem se diz praticante desse ou daquele grupo. Só existe um Satanismo.

E agora chegou o momento de desenvolver este Satanismo de forma séria, da forma que aqueles que de fato são Satanistas possam contribuir e crescer. Esta minha carta é o início de uma série de materiais desenvolvido dentro do Templo de Satã, por Satanista para Satanistas que serão publicados no Morte Súbita inc, para aqueles que saberão desenvolver aquilo que encontrarem ao invés de apenas ficarem como insetos observando um mundo infinitamente maior do que eles sem entender o que se passa. Talvez seja por isso que Satã, entre outros títulos, seja chamado pelos ignorantes de senhor das Moscas. Pois que aqueles que realmente sentem o chamado do Sol Negro se aproximem e que os restantes sejam apenas como moscas para crianças travessas.

Reaja! [email protected]

Rev. Obito, Templo de Satã