Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Textos Satânicos Satanismo Eclético

Satanismo Eclético

É comum neste começo de milênio se ouvir falar do que vem sendo chamado de Satanismo Eclético. O Satanismo dito eclético tem mais a ver com uma filosofia do que com uma prática, ele é, como o próprio nome diz, um apanhado de várias fontes que teriam um quê de Satânico e seriam aplicadas ao dia a dia do dito Satanista.

Existe uma mistura de literatura humanista, sátira cristã, anarquia, insatisfação todos usados de uma maneira superficial pelo indivíduo que acaba nunca se aprofundando em sua crença para chegar a praticá-la. O Satanista Eclético acaba se apegando a vários conceitos externos a ele e costurando tudo em uma crença única e particular, sem uma única base principal que não a própria busca da pessoa por uma crença.

Na verdade o Satanismo Eclético nada mais é do que o próprio Anton Szandor LaVey, fundador da Igreja de Satã e responsável pela deflagração do Satanismo Moderno, nos apontou em sua Bíblia Satânica, no terceiro capítulo do Livro de Lúficer: "Algumas Evidências de uma Nova Era Satânica":

"Religiões do passado tem sempre representado a natureza espiritual do homem, com pouca ou nenhuma preocupação com suas necessidades carnais ou mundanas. Eles tem considerado a sua vida apenas transitória, e a carne nada mais que uma concha; prazer físico trivial, e a dor uma conveniente preparação para o "Reino de Deus". Quão bem a completa hipocrisia vem adiante quando o "honrado" faz uma mudança em sua religião para acompanhar a natural mudança do homem! O único caminho que o cristianismo pode eterna e completamente servir as necessidades do homem e converter-se ao Satanismo agora.

Tornou-se necessária uma nova religião, baseada nos instintos naturais do homem, para vir adiante. Eles lhe deram um nome. É chamado satanismo.[...]"