Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Textos Satânicos Satanismo Tradicional

Satanismo Tradicional

O Satanismo Tradicional é o típico caso de mostro que se volta contra seu criador. Na Idade Média a Igreja Católica criou rumores de cultos satânicos organizados, que teriam uma visão católica do demônio (como sendo o arqui inimigo de Deus) e que seus seguidores praticariam o sacrifício de animais, crianças, virgens, e todo tipo de pessoa. Que nutririam um ódio de tudo que era sagrado, aos olhos da igreja, e dedicariam sua vida para combater o que era "certo e honrado".

Após a Deflagração Satânica em 1966 por Anton Szandor LaVey outros grupos satânicos, aproveitando a publicidade em torno do Satanismo, surgiram, alguns deles se diziam seguidores do Satanismo Antigo, que seus cultos teriam uma tradição oral cuja origem seria anterior à idade média. Desses grupos o mais famoso talvez tenha sido a Ordem dos Nove ângulos (ONA) que com a publicação do Livro Negro de Satã I nos mostra a suposta existência de uma linha tradicional de satanismo em sua introdução:

"De acordo com a tradição, cada Mestre que era responsável por um Templo Satânico , tinha de ter consigo, uma cópia do Livro Negro de Satanás.

O Livro Negro contem os rituais Satânicos básicos, instruções relativas a magicka cerimonial em geral. Era o dever do Mestre manter esta caixa forte de livro, longe dos olhos dos não iniciados do Templo. Foram proibidas fazer cópias .

No Satanismo tradicional (i.e. esses que usam o Sistema de Septenario:) esta prática continuou bastante até recentemente quando o Mestre Principal que representa grupos tradicionais decidiu permitira copia livre deste trabalho. Esta decisão foi estendida para habilitar esta publicação especialista e uma edição limitada recentemente.

O texto inteiro do Livro Negro tradicional esta incluído neste trabalho presente, junto com vários capítulos adicionais, (por exemplo A Auto IniciaçãoEgo-iniciação; Organizando e Trabalhando em um Templo). Estes fazem deste presente trabalho um manual prático conciso para os seriamente interessado nas Artes da Escuridão."

É claro que fica muito cômodo afirmar a existência de uma crença tão antiga e mostrar como principal evidência uma tradição oral secular, mas o fato é que nunca existiram provas históricas reais fora da paranóia Cristã de um grupo organizado de adoradores da figura do Satã bíblico.

O Satanismo Tradicional realmente acredita na exitência de uma entidade real que seria Satã e se colocam como seguidores desta força primordial. Muito da filosofia do satanismo tradicional foi aproveitado nas crenças Luciferianas e Setianas, sendo que essas outras duas também acreditam em uma entidade Satã, diferente do Satanismo Moderno que acredita que Satã na verdade não passa da natureza do Homem e não lhe atribui independência nem uma existência real fora da mente e do ser humano.