Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Satanismo Textos Satânicos Vontade ou Medo?

Vontade ou Medo?

A Verdade e a Vontade


Etimologicamente, a palavra Vontade é a faculdade de representar mentalmente um ato, que pode ou não ser praticado em obediência a um impulso ou a motivos ditados pela razão.

Na literatura thelêmica, encontramos a palavra Vontade com atributos maiores e mais firmes, uma vez que Thelema é a Vontade. O estudo da Qabala e da Gematria nos ensina que:

Thelema = Vontade = 93

Esse mesmo estudo nos revela que palavras e números com o mesmo valor numérico possuem Poder Mágico, o que reveste de misticismo o significado da palavra Vontade e dá idéia de sua dimensão e de sua importância para o magista.

Vontade é o poder real da Magia. A essência. Por isso, deve ser verdadeira e livre de propósito e para conhecê-la, somente com um forte senso de propósito, uma visão clara de si mesmo, tendo consciência da alegria decorrente, ou vivida, no final do processo.

Cada um de nós é um indivíduo único, com percepções, pensamentos, vivência e sonhos próprios. Uma estrela. Mas necessitamos de reflexão, para obtermos os verdadeiros propósitos. Então:

Qual é a sua verdade?

Qual sua Verdadeira Vontade e como exercitá-la?

A verdade depende da realidade subjetiva de cada um, da bagagem de conhecimento e experiências acumuladas no decorrer da vida.

Quem pode, além de você mesmo, mensurar a sua Vontade? E Ela, por sua vez, pode ser mensurada? Ou apenas pode ser descoberta, vivida, exercitada e trabalhada a nosso próprio favor?

Cada ato intencional deve ser encarado como um ato de amor; com cada ato, intencional ou não, com cada momento, vivemos a oportunidade de aprender e trabalhar nossa Vontade.

E, para isso, é primordial a contemplação de si mesmo.

Contemplação no sentido de voltar-se para o seu interior, numa observação determinada, com a Verdadeira Vontade de reformulação, de separar e atirar fora os laços que o prendem ao rebanho; sentir-se pronto a encarar e trilhar o caminho dos fortes, dos vencedores, daqueles que buscam a Verdade e diante do qual os medos, os "fantasmas" das massas, os fracos, dobram-se. Diante do qual as hipocrisias e a fragilidade do "circo de ilusões", que é o mundo que os outros construíram para nós, tudo isso é apenas algo a ser usado a seu favor, ou deixado para trás. O Satanista deve ter os sentimentos e os instintos submissos à sua Vontade, para que possa viver com equilíbrio. Um dos aspectos da iniciação, inclusive, é ganhar o controle de nossas vidas, apesar das dificuldades encontradas.

No entanto, estejamos convictos de que a Vontade Verdadeira, precisa ser trabalhada e exercitada constantemente, sob pena de enfraquecer e dissolver-se, levando o magista (ou postulante) a iniciar o círculo de sua evolução, sem nunca sair do começo.

Porém, não basta possuir a Vontade. É necessário descobrir a sua Verdadeira Vontade e também exercitá-la com único propósito, desprendimento e paz. Ou seja, agir em harmonia com o cosmo, trabalhando-a na sua freqüência, e com responsabilidade, sem expectativa de resultado, mas com firmeza e sem hesitação. Isto é "igualar a sua Vontade à Vontade de Deus", é fazer com que o mundo ao seu redor trabalhe para você.

Conceitos que mudam


Quando as idéias que nos foram ensinadas pelas instituições já não nos convencem, não resta outra alternativa a não ser buscarmos nossos verdadeiros valores, por conta própria. E ninguém consegue alcançar sua verdade sem a introspecção e a Vontade.

A visão e o conceito maniqueísta devem ser abolidos da evolução do Satanista. Trazendo para o seu aprendizado os conceitos thelêmicos, resta claro que o bem e o mal são na verdade, dois aspectos de um só ato. Fica fácil entender, se sabemos que o equilíbrio é o caminho certo e que tanto o bem como o mal são necessários e vivem dentro de cada um de nós e de todas as coisas. Tudo e todos tem seus aspectos contrários, suas polaridades, que se completam, e não se chocam.

O ensinamento é: "na dúvida, tua Vontade te guiará". Despir-se das regras, convenções e valores sociais é fundamental. Há que se ler além das palavras, e ouvir além dos sons. A magia consiste, inicialmente, em operar mudanças no magista e, num outro momento, mudar as coisas e acontecimentos ao redor. Óbvio aí que quem não consegue transformar a si, não tem Vontade Verdadeira e jamais conseguirá fazer com que as coisas trabalhem a seu favor.

Tenho visto pessoas com o propósito de uma iniciação, acreditando que isto lhe trará poderes para agir sobre a energia de outros. E pessoas que cultivam o ódio por credos, religiões e seus adeptos, vivendo no seu íntimo a ilusão de que, desta forma, mantém viva em si a veia do Satanista, sem atentarem para o fato de que perdem seu tempo e sua energia com assuntos e pessoas que não merecem outra coisa além de esquecimento e desprezo. Esquecem que vivemos e trabalhamos num nível diferente daquele em que vive o rebanho. Talvez esta atitude nos mostre que ainda exista muito de rebanho em seu íntimo.

Para sempre


Escolhi este subtítulo por que quero deixar aqui o sumo, o tudo do que li. Para sempre por que, uma vez descortinado o "circo de ilusões", ou seja, o mundo preparado para vivermos a nossa vida, baseada na verdade dos outros, não é possível mais voltar atrás.

É a reflexão, a mudança interior, sem volta.

E o que fica para sempre?? A Verdade! Ela é em você, como ser humano, como Satanista, como magista. Ela pode vir de várias maneiras, como um chamado, um basta às convenções, várias experiências que te conduzem naturalmente. Mas, quando Ela chega, com toda a certeza, é para ficar.

Algumas das minhas Verdades sem volta:

- Todo homem e toda mulher é uma Estrela

- Todo ato é um ato de magia e amor

- Amor é a Lei, amor sob Vontade

E, finalizando:

- Que meus serviçais sejam poucos e secretos, eles comandarão os muitos e os conhecidos.

Prmtn. Kali