Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Sinfonias Música e Ocultismo Os 100 álbuns satânicos mais importantes da história Mechanical Animals, Marilyn Manson

Mechanical Animals, Marilyn Manson

Mechanical-animalsO álbum Mechanical Animals chegou a ser apresentado nos tribunais como uma das armas do crime na época em que Marilyn Manson era acusado pelo massacre de Columbine. Quanto a sua parcela de culpa no massacre Manson é enfático: Claro que sou culpado. Mas quem não é? E suas palavras:

“Os tempos não se tornaram mais violentos. Apenas se tornaram mais televisivos. Alguém acredita que a Guerra Civil foi minimamente civil? Se a televisão existisse na altura com certeza que teria lá estado para cobrir o acontecimento, ou até mesmo participar nela, como na violenta perseguição automóvel ao carro da Princesa Diana. Quando chega a interrogação de quem foi a culpa dos assassinatos do liceu em Littleton - Colorado, atirem uma pedra ao ar e acertarão num culpado. Nós somos as pessoas que se refastelam e toleram crianças possuindo armas e somos as pessoas que sintonizam e observam as detalhadas noticias “ao vivo”, daquilo que fazem com essas armas.” Morte Súbia Inc apresentar mais desta filosofia apocalíptica de Manson no especial  O Evangelho segundo Marilyn Manson.

Manson sempre foi um grande inimigo dos hipócritas valores protestantes que os Estados Unidos representam. Pessoas bem vestidas e com a bíblia na mão falando mal do sexo e da violência enquanto dão audiência aos Mais procurados da América e assinam e se masturbam assistindo o canal da Playboy. Pessoas que no discurso defendem a liberdade, mas que na prática quer que todos sejam brancos héteros e cristãos.

Mas verdade seja DITA. Quem viu Marilyn Manson no Brasil pela última vez, percebeu o quanto ele está mudado é nem sombra do que foi um dia. A distância de Dita Von Teese deve estar fazendo mal ao Anticristo.


Great Big White World


In space the stars are no nearer
Just glitters like a morgue
And I dreamed I was a spaceman
Burned like a moth in a flame
And our world was so fucking gone

I'm not attached to your world
Nothing heals and nothing grows

Because it's a great big white world
And we are drained of our colors
We used to love ourselves,
We used to love one another

All my stitches itch
My prescription's low,
I wish you were queen
Just for today

In a world so white what else could I say?

And hell was so cold
All the vases are so broken
And the roses tear our hands all open
Mother Marry miscarry
But we pray just like insects
And the world is so ugly now

Because it's a great big white world
And we are drained of our colors
We used to love ourselves,
We used to love one another

All my stitches itch
My prescription's low,
I wish you were queen
Just for today

All my stitches itch
My prescription's low,
I wish you were queen
Just for today

In a world so white what else could I say?

Because it's a great big white world
And we are drained of our colors
We used to love ourselves,
We used to love one another

All my stitches itch
My prescription's low,
I wish you were queen
Just for today

All my stitches itch
My prescription's low,
I wish you were queen
Just for today

In a world so white what else could I say?


Tradução de Great Big White World
(Grande Mundo  Branco)

No espaço as estrelas não estão mais perto
Elas apenas brilham como um necrotério
E eu sonhei que era um astronauta
Queimado como uma traça no fogo
E nosso mundo foi embora

Mas eu não sou atado ao seu mundo
Nada cura e nada cresce [2x]

Porque é um grande mundo branco
E nós drenamos nossas cores
Usamos para amar nós mesmo
Usamos para amar um outro
Todos meus pontos coçam
Minhas prescrições caem
Eu queria que você fosse uma rainha
Só por hoje
Num mundo tão branco o que mais posso dizer?

E o inferno é tão frio
Todos os vasos estão tão quebrados
E as rosas rasgadas nossas mãos tão abertas
Mãe Maria, misericórdia
Mas nós rezamos apenas como insetos
E nosso mundo está tão feio agora

Porque é um grande mundo branco
E nós drenamos as nossas cores
Usamos para amar nós mesmos
Usamos para amar um outro
Todos meus pontos coçam
Minhas prescrições caem
Eu queria que você fosse uma rainha
Só por hoje

Todos meus pontos coçam
Minha prescrição caem
Eu queria que você fosse uma rainha
Só por hoje

Num mundo tão branco o que mais posso dizer?

Nº 58 - Os 100 álbuns satânicos mais importantes da história