Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Sociedades Secretas & Conspirações Maçonaria Dicionário Secreto da Maçonaria D

D

Dar Entrada – Dar entrada ao Templo, é permitir a um Irmão, comissão ou autoridade para participar dos trabalhos de um Corpo Maçônico.

Decoração – Ornamento que se faz no local onde as Lojas trabalham, variam conforme o Rito e o Grau em que funcionam.

Degraus - Maçonicamente, subindo são as dificuldades para a vitória das idéias, e o esforço que se despende para chegar a “Luz”; descendo é a facilidade com que podemos cair na imperfeição ou vício.

Delta – É o triângulo luminoso, símbolo do “Poder Supremo”, que se situa por trás da cadeira do Venerável Mestre.

Deputação – Irmão de uma Loja, por ela nomeada, para representá-la em qualquer solenidade ou missão oficial.

Deputado – Irmão eleito por uma Loja, para representá-la na “Assembléia Legislativa” de uma Potência. Há Potências com Assembléia Estadual e Federal.

Diácono – Existem no Rito Escocês dois Diáconos: o 1º e o 2º; que são os encarregados da transmissão de Ordens do Venerável ao 1º Vigilante, e deste para o 2º Vigilante.

Dignitários – São os cincos primeiros oficiais de uma Loja Simbólica.

Diploma – Certificado que atesta, que seu portador é Mestre Maçom.

Direitos – Cada Potência Maçônica, em suas “Leis”, mencionam os direitos que concedem aos seus membros; direito de votar e ser votado, justa proteção moral e etc...

Dissidência – Sempre houve, e possivelmente haverá outras na Maçonaria, no Brasil em especial já houve muitas, destacando-se as maiores a de 1927, quando foram criadas as “Grandes Lojas”; e a de 1973, quando apareceram os “Grandes Orientes Independentes”.

Docel – É a cobertura colocada sobre o Altar do Venerável, que varia de cor ou formato, conforme o Rito.

Dualismo – É a existência de dois princípios opostos; o bem e o mal, o preto e o branco; que são princípios necessários para o equilíbrio do procedimento.

Dicionário Secreto da Maçonaria