Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Sociedades Secretas & Conspirações Maçonaria Dicionário Secreto da Maçonaria M

M

A letra “M” é a abreviatura de “Mestre, Maçom e Maçonaria”; repetida M\M\ é a abreviatura de “Mestre Maçom”, ou MM\MM\ que é o plural de Mestres Maçons.

Mac-Benac – Palavras hebraicas que significam “a carne se desprende dos ossos”. Suas iniciais são obrigatórias nos aventais dos Mestres.

Maço – (Ver Malhete).

Maçom Ativo – São os Irmãos que pertencendo a uma Loja Simbólica, nela trabalham regularmente.

Maçom Inativo – É o Irmão que tendo passado pelas “provas” da Iniciação, afasta-se regularmente de sua Loja (Ver Adormecer).

Maçom Irregular - É o profano Iniciado em uma Loja, não pertencente a uma Potência Regular, ou que regularmente Iniciado venha pertencer a uma Loja espúria.

Maçonaria dos Altos Graus – São as práticas Maçônicas dos Graus Filosóficos dos diversos Ritos, que completam os Graus Simbólicos. No R\E\A\A\ Os Altos Graus dividem-se em quatro Câmaras: “Lojas de Perfeição, Sublimes Capítulos, Conselho de Kadoch, Consistórios, e ainda o Supremo Conselho”, este último, constituído só por Irmãos investidos no Grau “33”.

Maçonaria Feminina – Embora os “Landmarks” proíbam a Maçonaria Feminina, ela existe desde 1774, quando na França se estabeleceu a “Loja de Adoção”, para recepcionar mulheres, trabalhando com quatro Graus: “Aprendiz, Companheira, Mestra e Mestra Perfeita”. Em São Paulo, já existe um “Grande Oriente Feminino”, que mais cedo ou mais tarde, será totalmente reconhecido oficialmente.

Malhete – Martelo de forma especial. Entre os Maçons é o emblema do poder, em Loja é usado pelo Venerável e pelos Vigilantes. Trabalho, força, poder, autoridade.

Medalha Cunhada – Para os Maçons é o dinheiro corrente no país, ouro, prata ou cobre.

Meia Noite – Hora simbólica em que se encerram os trabalhos de uma Loja.

Meio Dia – Assim também é chamado o Sul de um Templo, lugar onde tem assento os Mestres, quando em trabalhos regulares. É a hora de iniciar-se os trabalhos de uma Loja, no Templo é a parte mais iluminada.

Membro Ativo – É o Maçom que pertence a uma Loja, nela está investido nos seus direitos e obrigações.

Membro Correspondente – O Maçom Ativo que se ausenta do seu Oriente, mas não se desliga de sua Loja é considerado membro correspondente.

Membro Cotizante – É o Irmão que contribui com mensalidade, para com a sua Loja.

Membro de Honra – Título que se confere aos Irmãos, que de alguma forma prestam serviços a uma Loja, que não a sua.

Membro Honorário – Título que um Corpo Maçônico concede a um Irmão, que se destaca na Ordem; ou que atinge idade provecta, que prestou relevantes serviços ao Corpo, que concede essa honraria.

Membro Inativo – É o Maçom que por alguma razão, é desligado de sua Loja, e não se filia a outra.

Membro Regular – É o Maçom que está inscrito, e freqüentando regularmente sua Oficina.

Mesa – Céu, época solar.

Mestre – É o nome que se dá aos Maçons, investidos no Grau três de qualquer Rito conhecido.

Mestre de Banquetes – É o funcionário da Loja encarregado de organizar os águapes, e os Banquetes Ritualísticos.

Mestre de Cerimônia – É um dos importantes Cargos de uma Loja, dele depende a regularidade e brilhantismo das cerimônias; principalmente as Magnas.

Mestre Maçom – É o Irmão investido no Grau “3”, de qualquer dos Ritos Regulares.

Metais – Moeda corrente, ouro, prata, cobre e outros. (Ver Medalha Cunhada).

Mistérios – São os ensinamentos destinados aos Iniciados de todas as épocas, como os mistérios de Zeus, os de Dionísio e muitos outros Rituais, práticas e cerimônias Maçônicas.

Morte Civil – É o desprezo total que os Maçons votam a um Irmão perjuro.

Mundo Profano – É considerado como mundo profano o ambiente ou a sociedade não Maçônica, o que de forma nenhuma deve ser tomado com uma expressão pejorativa. Fora dos Templos, todos os Maçons fazem parte do “Mundo Profano”.

Dicionário Secreto da Maçonaria