Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Thelema Livros Thelemitas Liber Nu Sub Figura XI

Liber Nu Sub Figura XI

000. Este é o livro de Culto ao Nada Infinito.

00. O Aspirante é Hadit. Nuit é a infinita expansão da Rosa, Hadit é a infinita concentração do Botão. (Instrução de V.V.V.V.V.)

0. Primeiro, que o Aspirante aprenda em seu coração o Primeiro Capítulo d’O Livro da Lei. (Instrução de V.V.V.V.V.)

1. Adora, i.e. identifica a ti mesmo com o Khabs, a Luz secreta no Coração. Nisto novamente, o não extendido é Hadit.

Esta é a primeira prática de Meditação (ccxx, I:6 e 21).

2. Adore e compreenda o aro da Estela da Revelação.

Acima, o precioso azul celeste é
O esplendor nu de Nuit;
Ela se curva em êxtase para beijar
Os ardores secretos de Hadit.

Esta é a primeira prática de Inteligência (ccxx, I:14).

3. Evite qualquer ato de escolha e discriminação.

Esta é a primeira prática de Ética (ccxx, I:22).

4. Considere sobre seis e cinqüenta que 6 ÷ 50 = 0.12.

0 a circunferência, Nuit. . o centro, Hadit.
1 a unidade procedente, Ra-Hoor-Khuit.
2 o mundo da Ilusão.
Nuit compreende deste modo Tudo em Nada.
Também, 50+6=56=5+6-11, a chave de todos os Rituais.
E 50x6=300, o Espírito da Criança Interna.

(Nota NFc=72, o Shemhamphorash e as Quinárias do Zodíaco, etc.)

Esta é a segunda prática de Inteligência (ccxx, I:24, 25).

5. O Resultado desta prática é a Consciência da Continuidade de Existência, a Onipresença do Corpo de Nuit. Em outras palavras, o Aspirante está consciente do Universo Infinito somente como um Ser único [note por isso, a importância do Parágrafo 3.- Ed.]

Esta é a primeira Indicação da Natureza do Resultado (ccxx, I:26).

6. Medite sobre Nuit como a Contínua resolvida no Nada e Dois como fases do seu ser. [Para que o Universo seja auto-contido deve ser capaz de ser expresso pela fórmula (n-n)=0. Ou então, que seja expresso pela fórmula n-m=p. Isto é, o Infinito se move diferente se seu próprio interior, o que é absurdo. –Ed.]

Está é a segunda prática de Meditação (ccxx, I:27).

7. Medite sobre os fatos de Samadhi em todos os planos, a liberação de calor em química, alegria em história natural, Ananda em religião, quando duas coisas se juntam para se perderem numa terceira coisa.

Esta é a primeira prática de Meditação (ccxx, I:28, 29, 30).

8. Que o Aspirante deposite o máximo de reverencia à Autoridade da A.·.A.·. e siga suas instruções, e que ele faça o Grande Juramento em Devoção a Nuit.

Esta é a segunda prática de Ética (ccxx, I:32).

9. Que o Aspirante tenha cuidado com os menores exercícios de sua vontade contra outro ser. Neste caso, deitar, é a melhor postura do que sentar-se ou ficar de pé, é como opor menor resistência à Gravitação. Contudo que primeira obrigação seja forçar o mais forte e mais potente; e.g. ele deve se levantar para cumprimentar um amigo.

Esta é a terceira prática de Ética (ccxx, I:41).

10. Que o Aspirante exercite sua vontade sem a menor consideração com qualquer outro ser. Esta direção não pode ser entendida, muito menos realizada, até que a prévia prática tenha sido perfeita.

Esta é quarta prática de Ética (ccxx, I:42, 43, 44).

11. Que o Aspirante compreenda que estas duas práticas são idênticas.

Esta é a terceira prática de Inteligência (ccxx, I:45).

12. Que o Aspirante viva uma Vida Bela e Alegre. Por esta liberdade ele obteve sucesso. Mas que cada ato, especialmente de amor, seja devotado totalmente a sua verdadeira amante Nuit.

Esta é a quinta prática de Ética (ccxx, I:51, 52, 61, 63).

13. Que o Aspirante deseje por Nuit sob as estrelas da Noite, com um amor direcionado por sua Vontade Mágica, não meramente procedendo de seu coração.

Esta é a primeira prática de Arte Mágica (ccxx, I:57).

14. O Resultado desta Prática na subseqüente vida do Aspirante é preenche-lo com diversões inimagináveis: para dá-lo certeza relativa a natureza do fenômeno chamado Morte; para dá-lo paz inalterável, descanso e êxtase.

Esta é a segunda Indicação da Natureza do resultado (ccxx, I:58).

15. Que o Aspirante prepare um perfume de madeiras resinosas e gomas, de acordo com sua inspiração.

Esta é a segunda prática de Arte Mágicka (ccxx, I:59).

16. Que o Aspirante prepare um Pantáculo como se segue.

Inscreva um círculo dentro de um Pentagrama, sobre uma superfície quadrada ou de outra forma conveniente que ele deve escolher. Que o círculo seja escarlate, o Pentagrama negro, a superfície azul real, salpicada de estrelas douradas.

Dentro do círculo, em seu centro será desenhado um sigilo, que será revelado ao Aspirante pela própria Nuit.

E este Pantáculo servirá como uma Imagem Telesmática, ou como Eidolon, ou como um Foco para mente.

Esta é a terceira prática de Arte Mágica (ccxx, I:60).

17. Que o Aspirante encontre um lugar solitário, se possível um lugar nos Desertos de Areia, senão um lugar não freqüentado e sem objetos que deturpem a visão. Do mesmo modo são, chamercas, pântanos, mar aberto, rios amplos, e campos abertos. Também, e, especialmente os cumes das montanhas.

Que ele invoque a Deusa, enquanto mantém Sabedoria e Conhecimento para faze-lo. Mas que esta invocação seja de puro coração i.e., um coração totalmente devotado a Ela, e que ele se lembre que é o próprio Hadit, no lugar mais secreto dele que invoca. Por isso, que esta serpente, Hadit explode em chamas.

Esta é a quarta prática de Arte Mágica (ccxx, I:61).

18. Então o Aspirante deitará um pouquinho nos seios Dela.

Esta é a terceira Indicação da Natureza do Resultado (ccxx, I: 61).

19. Que o Aspirante fique de pé, na beira de um precipício real ou imaginário. E que ele imagine e experimente o medo de cair.

Depois, que ele imagine com este auxílio que a Terra está caindo, e ele com ela, ou dela; e considerando o infinito do espaço, que ele excite o medo dentro dele ao ponto de êxtase, de modo que o mais horrível sonho de queda que ele já tenha suportado não seja nada em comparação.

Esta é a quarta prática de Meditação (Instrução de V.V.V.V.V.)

20. Portanto, tendo entendido a natureza desta Terceira Indicação, que ele em seu Rito Mágico caia de si mesmo para dentro de Nuit, ou expanda-se n’Ela, como sua imaginação puder auxilia-lo.

E, naquele momento, desejando ganhar o Beijo de Nuit, que ele dê uma partícula de pó, i.e., que Hadit entregue-se completamente a Ela.

Esta é a quinta prática de Arte Mágica (ccxx, I:61).

21. Então ele perderá tudo naquela hora.

Esta é a quarta Indicação da Natureza do Resultado (ccxx, I:61).

22. Que o Aspirante prepare uma canção de amor e êxtase a Deusa, ou que ele seja inspirado por Ela até isto.

Esta é a sexta prática de Arte Mágica (ccxx, I:63).

23. Que o Aspirante esteja vestido com um robe único. Um "abbai" feito em escarlate e dourado é mais adequado. [Um abbai não é diferente de um Kimono Japonês. Ele deve ser colocado simplesmente sobre o tórax sem cinto ou outro topo de atadura. – Ed.]

Esta é a sétima prática de Arte Mágica (ccxx, I:61).

24. Que o Aspirante use um rico diadema. Uma coroa de ouro adornada com safiras ou diamantes, uma toca azul real como sustentação, ou nêmis, o que é mais adequado.

Esta é a oitava prática de Arte Mágica (ccxx, I:61).

25. Que o Aspirante use tantas jóias quanto ele possa ter.

Esta é a nona prática de Arte Mágica (ccxx, I:63).

26. Que o Aspirante prepare Um Elixir ou Libação, como ele deve ter habilidade para faze-lo.

Esta é a décima pratica de Arte Mágica (ccxx, I:63).

27. Que o Aspirante invoque, deitando-se inerte, seu robe estendido, como se fosse um tapete.

Esta é a décima primeira prática de Arte Mágica (Instrução de V.V.V.V.V.)

28. Sumário. Preliminares.

Estas são as coisas que se deve possuir.

A Coroa ou diadema.
As Jóias.
O Pantáculo.
O Robe.
A Canção ou Invocação.
O Local de Invocação.
O Perfume.
O Elixir.

29. Continuação do sumário. Preliminares.

Estas são as compreensões necessárias.

A Natureza de Nuit e Hadit, sua Relação ente si.
O Mistério da Vontade Individual.

30. Continuação do sumário. Preliminares.

Estas são as meditações necessárias para se ter sucesso.

A descoberta de Hadit no Aspirante e sua identificação com Ele.
O Contínuo.
O valor da Equação n+(-n).
Cremnofobia.

31. Continuação do sumário. Preliminares.

Essas são as Práticas Éticas necessárias para se ter sucesso.

Afirmação do ponto de vista de Kether.
Reverência a Ordem.
Abolição da vontade humana.
Exercício da Verdadeira Vontade.
Devoção a Nuit, através de uma vida bela.

32. Continuação do sumário. O Rito Verdadeiro.

Retire-se para o deserto com coroa, insígnia e outros implementos.
Queime perfume.
Cante um encantamento.
Beba a Nuit do Elixir.
Deitando-se inerte, com os olhos fixados nas estrelas, pratique a sensação de cair no nada.
Estando de fato nos seios de Nuit, que Hadit se renda a Si Mesmo.

33. Conclusão do sumário. Resultados.

Expansão da Consciência para aquela do Infinito.
"Perda de tudo", a mais alta consecução mística.
Verdadeira Sabedoria e Felicidade Perfeita.

Busca Para os Vencedores do Ordálio X