Ir para o conteúdo. |

  • A Empresa
  • Apoie
  • Contato
  • Seções:
siga a estrada de tijolos amarelos: Vampirismo Vampirismo Astral O ritual da penetração, a cerimônia da insanidade e idiotice imposta

O ritual da penetração, a cerimônia da insanidade e idiotice imposta

Condessa ElizabethNotas do Autor:

Este é um ritual particularmente efetivo que tem sido empregado com muitos resultados proveitosos para mim e os membros do Templo de Azagthoth. Quer você veja os nomes empregados neste ritual como "meros" arquétipos ou entidades imortais, não importa. Para o vampiro forte e avançado o elemento Imortal será muito atraído deste modo num ritual. De acordo com o seu progresso você será extremamente capaz de discernir para si a natureza destas entidades. Emperor Norduk, Oxford Place, January 27 1998

 

O Ritual da Penetração, A Cerimônia da Insanidade e Idiotice Imposta (Um Rito Tríplice de Destruição)

 

O Ritual de Penetração é, em todos os aspectos, um ritual que será cultuado e usado pelos nossos leais vampiros no Templo de Azagthoth. O Ritual de Penetração, A Cerimônia de Insanidade, é em todos os aspectos um Ritual de Vamprisimo Azagthothiano como implementado pelos membros vivos da linhagem real. Trouxemos mestria pela vida, lembre-se dos cadáveres desfigurados das princesas pela Condessa no topo do Castelo Cachtice, desfigurados, drenados da sua essência, devorados pelos lobos perambulantes embaixo nas florestas. Os arquétipos que são invocados para elevar este ritual são três em número mas um em mira, Elisabeth Bathory - Um símbolo de realeza na linhagem dos soberanos, trazido pelos sucessos da face diurna, com sua forte presença na face noturna, ilimitado pela Vontade de outros, ela favoreceu os seus prazeres sexuais, punindo seus escravos. Através dos Rituais de Sangue Vampíricos, drenando e obtendo a força vital do seu escravo mortal para a sua real linhagem vampírica - que abriu o Portal do Favorecimento, saudando as poças de sangue nas moradas do Dragão Tiamat. Tiamat é o segundo arquétipo implementado neste Ato da Predação Vampírica, Tiamat precisa ser compreendido e entendido por cada vampiro. O terceiro arquétipo é Azagthoth, o deus da idiotice cega, o condutor do caos e loucura para o insignificante mago mortal, a grande força da drenagem da força vital e principalmente da punição e degredação do escravo humano, o Alto Mago Negro da mãe Tiamat. Para o humano que este ritual é revelado, pela sua feitiçaria de vampiro, este é um trabalho de destruição e escravidão através da nossa punição.

 

Proclamando os Ventos Negros para descerem sobre a sua Presa Mortal

'Eu rogo a ti Azrael, anjo do manto negro, de além do véu da morte, eu suplico e chamo seu poder. Seu ser deverá entrar no meu ser. Como a face púrpura do Imortal que senta nas folhas mortas pelo negra água corrente, através do campo. Seus olhos não piscam. Ele não tem lágrimas para chorar. Sua Vontade não hesita. Viva o Imortal. Viva a ti, Azrael. Traga os seus poderes negros da morte, envolva suas cortinas negras sobre mim para que eu possa usar sua escuridão no reino de terror e na matança da minha vítima, não causando mal nem a mim, nem aos meus amigos e parentes. Este é o Pacto do Imortal para o vampiro vivo. Ave Calix Sanguinis Dom Tiamat. Eu invoco a ti, Hekal Tiamat.'

Este encantamento precisa ser dito focalizando o mortal da sua escolha que infringiu suas leis e precisa ser punido, corrigido, de acordo com a sua Vontade. Use isto para os magos mortais rebeldes, enviando-os para além do Inferno que eles desejam. Estes escravos mortais foram criados pelos deuses mortais para que nós, vampiros, predarmos sua força vital de vida. PARA O PRETENDIDO AZAGTHOTH, ADIRA A SI MESMO AGORA!

Agora o vampiro Azagthothiano desejará canalizar plenamente toda a energia destrutiva, uma essência que foi reunida além do véu de Azrael para causar destruição sobre a mente da sua presa escolhida. Escolha cuidadosamente aqueles sobre quem você deseja impor seus vôos predatórios, drenando a força de vida destes humanos, alimenta quando o primeiro se levanta, desta forma assegurando o incremento do seu PODER. Depois, a próxima parte do ritual é realizada, O Canto da Morte, o sacerdote pode necessitar de um ritual precedendo plenamento à consciência. O ritual, em essência, seria realizado pelos Altos Vampiros ou aqueles Vampiros que jazem nas asas do isolamento pelos seus ensinamentos nos Rituais da Face Noturna.

O CANTO DA MORTE: Visualize plenamente a vítima pretendida para sua correção/punição. Esta parte do ritual é para aqueles que verdadeiramente o ofenderam e você deseja não apenas sonoramente puni-los, mas para punição excepcional e cruel em seus caminhos mortais. Veja agora sua vítima. Mencione-a, diga o seu nome e então ordene que ela seja morta. Por exemplo, se foi "Danny", você deveria dizer "Danny está morto", "Danny está morto". Repita isto até que esteja satisfeito.

 

A Cerimônia da Idiotice Imposta: Coven of Ravenwood

 

AzathothDispa-se completamente ou use, de preferência, um manto negro, um manto marrom se necessário. Esta é uma das chaves da idiotice imposta ao escolhido. Assim, o seu astral deixa o físico, guiado pelas mãos do Imortal, entra nas sepulturas e bebe as essências coletadas delas. Então vai ao quarto da vítima adormecida, bebe a sua essência. Saboreia o poder surgindo para você da força vital da vítima e as essências drenadas na face do túmulo, pois agora seu astral está conectado a ambos através da Web Astral. Agora, reunindo poder, viajando, sentindo os seus mais altos sentidos vampíricos despertarem, vá à casa da vítima para a qual o ritual é realizado (Antes de ir, deveria chamar a força de Tiamat, Bathory, Azagthoth).

Você está próximo da sua vítima. Pairando direto sobre ela ou em pé ao lado dela. Agora é o momento de penetrar plenamente a camada física móvel ou parada da sua vítima humana, assim seu astral penetra inteiramente seu corpo, uma vez que você esteja completamente dentro dela, sinta o seu astral drenando o humano dos seus sentidos limitados. Sinta agora a força vital fluindo rapidamente no seu astral, quanto mais força vital você receber, mais rápido a sua forma astral se solidificará. Agora inicie a impulsionar dentro dos muros internos da sua vítima. Impulsione. Impulsione de todos os lados. Iniciará como um gancho através das diferentes partes do seu corpo, depois o corpo inteiro, rapidamente ganhando firmeza sobre ele. Drague o seu astral para as montanhas por Pazuzu e destrua-o da sua torre com feitiçaria. O ritual termina quando você estiver pronto.

Copyright Emperor Norduk (C) 

Do Tempel of Azagthoth (book 3, "The Vampire Undead Text")